FICHA TÉCNICA Autor:  Duda Razzera Editora:  Novo Século Páginas:  215 Gênero:  Literatura Brasileira. ISBN:   978-85- 42801-62...

21 Comments
FICHA TÉCNICA
Autor: Duda Razzera
Editora: Novo Século
Páginas: 215
Gênero: Literatura Brasileira.
ISBN: 978-85-42801-62-8
Avaliação: ★ ★ ★ ★  

SINOPSE
A história retrata a vida de Georgia Castro, uma menina mulher em seus vinte e dois anos que acabou de perder o pai. Inconformada com a morte de seu pai - e também melhor amigo, Georgia entra em depressão. Sua psicóloga aconselha-a a escrever para o seu pai ou manter um diário pois Georgia gosta muito de escrever. A partir daí, Georgia começa a escrever cartas para a Aceitação, pedindo para que ela bate à sua porta. As cartas são uma espécie de diário e Georgia trata a Aceitação como sua confidente. Ela conta sobre a história de amor de seus pais, sobre a história de sua família, o falecimento de seu pai e as intrigas em família que decorreram do falecimento. Além da questão familiar e do processo de luto, Georgia também desabafa sobre sua vida amorosa, pois o cara de quem gostava não quis mais ficar com ela após a morte de seu pai. Com mais essa perda, ela começa a lembrar do péssimo ex-namorado que marcou muito a vida dela e da sucessão de casos amorosos mal sucedidos depois dele. Tentando seguir a vida, Georgia termina a faculdade de Economia e conta sobre a formatura, o primeiro emprego, suas saídas com os amigos e novos amores. Basicamente, Cartas para você conta o processo de superação da morte de seu pai, sobre amadurecer e confiar em si mesma para tomar as decisões e acima de tudo, voltar a viver mesmo sentindo saudade.

RESENHA CRÍTICA
Cartas Para Você conta a história de Georgia, uma moça  de 22 anos, estudante de Economia, que tem um relacionamento lindo de amizade com seu pai, para ela a única pessoa no mundo que a compreende 100%, seu melhor amigo, seu confidente, seu conselheiro, qual não é a tristeza da jovem quando seu pai, seu melhor amigo vem a falecer, Georgia inconformada acaba por entrar em depressão, ela já não consegue ser ela mesma e as visitas a psicóloga se tornam mais frequentes, porém além de lidar  com a morte do pai,  'namoradinho' dela a abandona com a desculpa de que 'não  consegue lidar com essa situação', como se já não bastasse o tio tomam a empresa que seria por direito do seu pai, porém sem documentação não há o que Georgia possa fazer e então sua família passa por mais essa dificuldade, mais esta dor de cabeça.
O livro relata através de cartas os acontecimentos de sua vida, uma espécie de diário, um desabafo que sua psicóloga mandou que ela escrevesse, Georgia relata seus dias, o processo de luto pelo qual ela passa, além de um pouco de sua vida amorosa, todas as cartas contidas no livro são endereçadas a 'Aceitação', que ela tanto espera para  que aceite a morte de seu  pai e consiga voltar  a ser 'ela mesma' novamente.

"- Filha, vai passar. Terminar um namoro é como perder  alguém. Sofremos por  um tempo e depois nos acostumamos.

Eu concordei com meu pai, porque ele sempre estava certo.

Quase três anos depois, descobri, do jeito mais difícil que meu pai se enganou: levar um pé na bunda nem se compara a perder alguém."

~ Georgia Castro.

A leitura flui tão constante e rápida, mas ao mesmo tempo tão natural que você  nem percebe o livro chegar ao fim, a história de Georgia é comovente, muito bem escrita, a ideia das cartas são maravilhosas e  o  livro já começa detonando seu coração, criando uma cumplicidade entre narrador-leitor, a história de Georgia é muito linda e consigo me identificar muito com ela, pois assim como Georgia o meu pai é meu melhor amigo, a única pessoa neste  mundo que sabe de todas as coisas pelas quais passei, é aquele que sempre recorro para pedir um conselho, aquele que sempre me dá um abraço ou um 'colo' quando preciso, não é difícil para mim me colocar  no lugar da Georgia, sinceramente enquanto eu lia me coloquei tanto no lugar dela que fiquei na bad, para mim só imaginar um dia sem meu pai comigo já é triste e doloroso demais, admiro a forma que ela vai desenvolvendo a sua dor, seus sentimentos e 'superando' aquela tristeza para que finalmente fique a saudade, aquela saudade boa como diz o clichê.
Com toda certeza foi um dos melhores livros que já li, uma história linda, tocante e de superação, mas não aquele tipo que fantasia as dores da realidade, foi uma história mais real, mais palpável, que leva o leitor a ser o 'próprio' narrador em vários pontos, cria um laço entre narrador-leitor, uma afetividade, uma cumplicidade, um entendimento mútuo lindo, por isso sem dúvida eu recomendo a leitura, tenho certeza que cada um conseguirá uma essência, uma mensagem, uma experiência única com essa leitura, algo lindo para levar para sua própria vida!

Boa leitura e boas cartas para você Jovem Literário!

CONFIRA: Entrevista com Duda Razzera!


Você pode gostar

Comentários
21 Comentários

21 comentários:

  1. Oi Elô, tudo bem?
    Ai menina, vou te falar que eu não tenho coragem de ler um livro desse...
    Essas história que mexem com a família de uma forma tão profunda e que nos faz sentir no lugar dela, não, isso pra mim não dá. Se é muito real, eu não leio haha ainda mais quando tem morte envolvida. Eu só não consigo ):
    Mas a história parece ser muito bonita. Gostei da resenha :)
    Beijinhos

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oláá Mari, tuo ótimo hehe
      Assim é um livro maravilhoso, me fez refletir muito e gostei da leitura, mas realmente tem que ser 'forte' rsrsrs
      Bjooos

      Excluir
  2. adorei a resenha! obrigada pelo carinho =)

    <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oláá Duda, eu que agradeço pela leitura maravilhosa <3

      Excluir
  3. Olá, Eloísa.
    Eu não tinha me interessado por ele, mas agora lendo sua resenha, eu quero muito ler. Pelo jeito o livro é lindo e já sei que vou gostar dessa história triste e ao mesmo tempo linda. relacionamento de pai e filha sempre chama a minha atenção.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oláá Sil
      O livro realmente é encantador, também sou fascinadaa por esse tipo de história, apesar de 'triste' é linda, uma espécie de paradoxo encantador! rsrrs
      Espero que aprecie a leitura tanto quanto eu, depois me conta o que achou. haha
      Bjoos

      Excluir
  4. Oi, tudo bom?
    Adorei a resenha, o livro parece ser interessante. Mais um para minha lista de próximas leituras!
    Abçs,
    Arthur.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oláá Arthur,
      Fico feliz que tenha gostado da resenha e se interessado pelo livro, espero que aprecie e aproveite cada segunda de leitura desse livro.
      Seja bem vindo a família de Jovens Literários! haha
      Abraçoos

      Excluir
  5. Esse livro parece ser muito emocionante, haja coração para poder ler rs

    Beijos,

    http://sweetlikecaramel.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Olá Heloísa !! Tudo bem ?? Obrigadinha pela visita no meu blog, fiquei muito feliz que tenha gostado !! Vim aqui conhecer o seu cantinho e já estou te seguindo, se tem uma coisa que eu sou apaixonada são livros *-*
    Adorei esta história contada juntamente com as cartas, com certeza quero ler !!
    Bjim

    blogpatyrezende.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oláá Paty, tudo ótimo..
      Imagina, eu adorei seu blog...
      Então seja bem vinda a família dos Jovens Literários, fico contente que tenha gostado do meu cantinho e se interessado pelo livro" <3
      Bjoos

      Excluir
  7. Oi, Eloísa!
    Não conhecia o livro ainda, mas pela tua resenha percebi que esse é daqueles que eu preciso para ontem. Adoro livros que retratem o relacionamento entre pai e filha. E saber que a história acima de tudo é tocante e mexe com seus sentimentos, é mais um motivo para lê-lo.

    Beijos!
    Books and Movies
    www.booksandmovies.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oláá Jessica
      Cartas para você é exatamente como você falou, passa totalmente os sentimentos da Georgia para o leitor, é uma leitura incrível! haha
      Bjoos

      Excluir
  8. Oi, Eloísa! Nossa, com essa resenha maravilhosa e comentários super empolgados seus, não me resta fazer outra coisa do que querer muito ler o livro! rs Adorei a resenha! :)

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/2015/10/resenha-premiada-muito-mais-que-5inco.html <- Tá rolando promoção do livro "Muito Mais Que 5inco Minutos" lá no blog! ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oláá Tony.
      Nossa, que honra poder ler um comentário assim... hahah
      Você adorou a resenha e eu adorei seu comentário. <3
      Abraços

      Excluir
  9. Oi Eloísa!
    Que resenha linda! Deu pra perceber que você realmente amou o livro.
    Eu já havia ouvido falar dele um tempo atrás e havia ficado interessada. Depois dessa resenha, só aumentou mais a vontade.
    Acho fofo livros em forma de cartas.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oláá Luiza.
      Obrigadaa, realmente eu amei o livro, acho essa ideia de escrever um livro em forma de cartas simplesmente maravilhosa, leia o quanto antes e me conte o que achou! <3
      Bjoos

      Excluir
  10. Adoro esse livro já li varias vezes,,, perdi meu pai também dia 3de agosto e o livro me ajudou a superar a falta de vários modos... E todas as vezes que leio fico bem por varios motivos...Bjs Duduca.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oláá Cris
      Nossa, que IN-CRÍ-VEL <3
      Fico feliz ao ler isso, amo livros que nos ajudam e deixam uma mensagem para nossa vida!!!!
      Que Deus te abençõe linda.
      Bjoos

      Excluir
  11. Olá Elo a resenha ficou perfeita Parabéns..o livro deve ser maravilhoso.uma história e tanto..bjs ELO..

    ResponderExcluir