Ficha Técnica Autora:  Rachel Klein Editora:  Planeta do Brasil Páginas:  336 Gênero:  Ficção ISBN:   978-85-76658-01-6 Avaliaç...

Ficha Técnica
Autora: Rachel Klein
Editora: Planeta do Brasil
Páginas: 336
Gênero: Ficção
ISBN: 978-85-76658-01-6
Avaliação: ★ ★ ★ 

Sinopse
Em um colégio interno nos anos 1960, uma garota acha que sua melhor amiga está sendo atacada por uma vampira - Ernessa, a menina nova no colégio. Entre terror psicológico e mortes suspeitas, o diário da protagonista prende a atenção do leitor, e apesar de sua narradora também não ser confiável, não conseguimos parar de nos perguntar: será Ernessa realmente um vampiro?



Trailer Oficial do Filme

Resenha Crítica
Faz tempo que venho prometendo a publicação da resenha, mas eu acabei esquecendo ela nos rascunhos rsrs
Mas enfim, vamos lá...

Você já imaginou ler um livro do começo ao fim sem saber o nome do personagem que narra o livro? Já se perguntou como a simples chegada de alguém em seu dia a dia pode desencadear fatos misteriosos e supernaturais? Já duvidou se os fatos que ocorriam com você eram sobrenaturais e não puramente imaginação? A combinação de Fallen de um internato e anjos caídos foi fantástica, mas o que esperar da combinação entre internato e uma aluna possivelmente vampira? Será possível que alguém mude completamente e só você perceba a mudança? O que o Transtorno de Personalidade Limítrofe Agravada por Depressão e Psicose pode fazer com uma pessoa? (AVISO: tentar pronunciar o nome desse transtorno pode causar 'tilts' e bugs em seu cérebro huehue).

Pois são estas as respostas que você encontrará no livro O Diário da Mariposa, ou quem sabe quando você terminar de lê-lo terá ainda mais perguntas assim como eu ainda tenho minhas indagações e dúvidas! É o tipo de livro que começa em mistério e termina ainda mantendo o suspense, as dúvidas e todo o mistério 'no ar'. 

Quando comecei a ler este livro eu li as primeiras 30 páginas e voltei a reler, pois pensei que havia me distraído e por isso não sabia o nome da personagem que estavam narrando, no entanto qual não foi minha surpresa ao ler e reler e depois procurar na internet e descobrir que a personagem realmente é uma ' sem nome'! Isso mesmo, você lê a história inteira e não tem nem uma pista de qual nome ela poderia ter. No entanto, eu fiquei fascinada pela história, pela narrativa e pelo suspense! É uma história fantástica e envolvente, entre o drama psíquico e o sobrenatural.

Como o nome mesmo sugere o livro é um diário, narrado pela 'sem nome', que era para apenas ser uma narrativa dos acontecimentos do dia  a dia de uma aluna de um colégio interno, porém o foco do diário começa a mudar assim que uma nova aluna chega ao colégio, a Ernessa, uma jovem misteriosa e sombria, que passa a 'perturbar' a mente de nossa 'sem nome'. Os  acontecimentos mais bizarros sempre parecem acontecer quando Ernessa está por perto e nossa protagonista passa a ser julgada de paranóica ciumenta por ter essa implicância com a aluna, as outras internas acreditam que tudo se deve ao fato de Ernessa ter atraído a atenção e conquistado a amizade da Lucy, a melhor amiga de nossa 'sem nome', mas será mesmo que tudo é causado apenas pela imaginação da narradora? Será ela a errada? Ou será ela a única que consegue ser racional e enxergar os fatos? E afinal qual a ligação da mariposa a nossa sem nome?

Você só vai descobrir ao ler O Diário da Mariposa!


Você pode gostar

Comentários
2 Comentários

2 comentários:

  1. Agora que eu vi essa resenha aqui no blog Eloísa. Quando eu vi o título e capa do livro eu fiquei um pouco receoso, mas o livro parece ser ótimo. Quanto a narradora misteriosa eu acho isso fascinante. Te indico que você leia Notas do Subsolo do Dostoiévski. Parabéns, a resenha está ótima como sempre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Léo!
      Eu amei esse mistério da famosa 'personagem sem nome', obrigada pela indicação, irei procurar esse livro sem dúvida!!!
      Obrigada pelo elogio, sua opinião é mega importante para mim!
      Abraços!

      Excluir