FICHA TÉCNICA Autor:  Fabio Moon e Gabriel Bá Baseado na Obra de: Milton Hatoum Editora: Quadrinhos na Cia. Páginas:  232 Gên...

FICHA TÉCNICA
Autor: Fabio Moon e Gabriel Bá
Baseado na Obra de: Milton Hatoum
Editora: Quadrinhos na Cia.
Páginas: 232
Gênero: HQs, Comics
ISBN: 978-85-35925-58-6
Avaliação: ★ ★ ★ 


SINOPSE
Dois Irmãos - Um dos livros mais importantes da literatura brasileira contemporânea, Dois irmãos vem, desde seu lançamento há quinze anos, conquistando novas gerações de leitores. E foi com o mesmo entusiasmo desses leitores que Fábio Moon e Gabriel Bá embarcaram na missão de adaptar o romance de Milton Hatoum para uma graphic novel. Entre os mais premiados da última década, os irmãos quadrinistas vêm igualmente arrebatando fãs e trazendo uma verdadeira legião de leitores às HQs. Suas obras foram publicadas em diversos países, atravessando fronteiras culturais e políticas. 
Ao mesmo tempo que preserva a força narrativa de Hatoum, esta adaptação evidencia o talento de Bá e Moon na construção de histórias que alternam entre a tragédia, a delicadeza, a brutalidade e o humor. No traço deles, a vida dos gêmeos Yaqub e Omar ganha novos contornos épicos. A Manaus dos quadrinhos, feita de um jogo de luz e sombras, acolhe este drama que cruza gerações e, seja nos grandes planos ou nos mínimos detalhes, carrega o enredo original de energia e vitalidade.
Quem conhece a obra de Hatoum vai não apenas reencontrar, mas redescobrir com outros olhos personagens marcantes como Domingas, Halim, Zana e Dália. E os novos leitores terão contato com um riquíssimo universo ficcional, um drama que, ao esmiuçar a intimidade e a rivalidade de Yaqub e Halim, lança luz nas frestas das relações familiares, do amor e da história recente do Brasil.

RESENHA CRÍTICA
Essa releitura é um tanto quanto curiosa para um livro da literatura brasileira contemporânea, afinal não é todo dia que vemos tal adaptação tão bem colocada como a adaptação em HQ da obra Dois Irmãos...
Li maravilhas a cerca da seleção dos quadrinistas para a adaptação da obra, o que me motivou a ler.
Devo confessar que não sou muito animada a 'experimentar' os prazeres de uma obra contemporânea, mas contudo eu fui instigada ao ler a sinopse do livro Dois Irmãos, quando participei do sorteio de cortesia no skoob eu não havia procurado saber sobre a obra apenas foi 'raptada' pela capa.... 
Calma lá Jovens Literários, vou explicar... Quando eu participo das cortesias no skoob gosto de me lançar a esmo, a um verdadeiro 'Deus dará', o motivo é bem simples, gosto de simplesmente ser surpreendida com a entrega do correio e conferir que realmente fui sorteada, quando isso ocorre busco saber sobre a obra e por mais que não seja atraída pela leitura de início eu me lanço a 'degustar' o livro, gosto de ser surpreendida pela boa leitura, desafiada a ser 'derrotada pelo meu próprio julgamento'! Estranho? Com certeza, porém recomendo que vocês tente! ;)

Agora sem mais devaneios literários da Elo, seguimos com a resenha... Bem, a obra saiu bem diferente do esperado, para der sincera eu esperava uma intriga de irmãos mais aventureira e infantil do que seriedade durante a narrativa, porém de londe não foi bem isso que aconteceu. O livro narra com a visão dos próprios personagens a desavença e o desentendimento de Dois Irmãos, Yaqub e Omar, gêmeos de personalidades em extremos opostos e profundamente distintos, são iguais em aparência, porém indescritivelmente diferentes em suas personalidades e atitudes.

Yaqub e Omar tem sua desavença principal logo na infância e a cicatriz não está nem um pouco 'cicatrizada' ou curada, nem ao menos podemos dizer que superficialmente foi preenchida, pois é notável e indiscutível o afastamento e reclusão do afeto esperado entre irmãos. O pai Halim é um comerciante ocupado e silencioso quando se diz respeito aos filhos e a preferência da mãe dos meninos, a Zana, pelo Omar é notável até mesmo no 'escuro', enquanto isso, Domingas, a governanta da casa dedica seu tempo e a maior parte de seus cuidados ao Yaqub.

De um lado um jovem recluso, calado e que tem um 'relacionamento íntimo' com os números, com um futuro promissor, do outro um jovem que poderíamos descrever nos tempos atuais como alguém que só quer 'farra, pinga e foguete', alguém que passa sua vida deitado na rede, enchendo a cara ou visitando as 'amantes noturnas'. De um lado o protegido e refugiado, do outro o que dá sua cara a tapa, busca por si só e abandona até seu lar para não presenciar as 'gafes' do irmão.

O relacionamento desses dois vai de mal a pior e o que mais podemos observar e pensar é: - Um perdão solucionaria tudo, um dar 'o braço a torcer', um abandono do orgulho, um abandono da vingança silenciosa e disfarçada, e é em meio a estes pensamentos e muitos outros que somos envolvidos e telespectadores das façanhas dos irmãos, do desenrolar da história, do preenchimento da história com as quadrinhos muito bem arquitetados e desenhados, da ruína de uma família as indagações individuais de leitor.

Entre você também, pegue seu 'monóculos, sua pipoca e tome o seu lugar na área vip para presenciar a vida de 'Dois Irmãos'!

Boa leitura a você.


Você pode gostar

Comentários
8 Comentários

8 comentários:

  1. Oi Elo,
    Eu já tinha visto este livro antes, mas não sei o motivo, não me chamou atenção. Pela sua resenha parece ser uma leitura interessante, porém quero saber se você gostou ou não do livro kk' Minha leitura dele depende de você. kkkk
    Beijos :*
    www.deliriosliterariosdasnow.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Carol!
      "Porém quero saber se você gostou ou não do livro kk' Minha leitura dele depende de você" Morri com esse comentario kkkk
      Então, eu gostei do livro sim, porem eu não gosto muito de literatura contemporânea por isso não posso dizer que `amei` ler esse livro, achei o livro muito bom e interessante, o fato de ser HQ facilitou minha leitura e me manteve interessada na historia, no entanto eu não recomendo que vc leia o livro caso nao seja adepta a obra de Milton Hatoum ou a Literatura Contemporânea ;) (Algo me faz prever que vc não iria gostar de ler esse livro kkkk)
      Bjoos

      Excluir
  2. Oi, Eloísa! Tudo bem? Eu já tinha visto a capa desse livro em algum lugar (não lembro onde! rs) e lembro-me que adorei a capa e a premissa da obra! Após ler sua resenha fiquei ainda mais interessado em ler Dois Irmãos! Espero ler o livro em breve! :)

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Tony. Tudo ótimo hehe
      Fico feliz que tenha gostado da resenha e se interessado pelo livro! :)
      A 'julgar' pelos livros que você costuma resenhar, eu acredito que você irá curtir muito a leitura!
      Abraços.

      Excluir
  3. Olá!

    Não o conhecia, mas fiquei interessada em ler, por causa da premissa tão forte! Para sair da zona de conforto literária (romances) esse livro é uma ótima pedida! Excelente resenha!

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oláá Kamila!
      Obrigada, realmente ´´e umbom livro para sair da 'zona de conforto literária', eu mesmo o li fugindo um pouco da leitura de romances hahaha
      Bjoos

      Excluir
  4. Oi Elô, é complicado ficar do lado de fora esperando que algum tome a iniciativa para resolver as coisas né?
    Eu também me surpreendi com a obra, não esperava gostar mesmo.
    Seguindo essa temática já leu 'O sol é para todos' e 'No coração da floresta'?
    Acho que você iria gostar.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oláá
      Eu li O Sol é Para Todos recentemente e me apaixonei.... Este No Coração da Floresta eu ainda não conhecia, mas vou adicionar a minha WishList *O*
      Obrigada pela dica... hehe
      Bjos

      Excluir